Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br:8080/jspui/handle/tede/1883
???metadata.dc.type???: Tese
Title: A educação como mediadora entre filosofia e política na República de Platão
Other Titles: Education as a mediator between philosophy and politics in Plato's Republic
???metadata.dc.creator???: Dala Santa, Fernando 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cenci, Angelo Vitório
???metadata.dc.description.resumo???: O presente trabalho é o resultado de uma pesquisa teórico-bibliográfica de cunho hermenêutico e investiga o modo como se articulam política e filosofia na configuração do Estado ideal descrito na República de Platão. Defendemos a hipótese de que Platão encontra, por meio da educação, uma via para congregar filosofia e política, tornando o anseio por uma pólis racionalmente constituída um intento humanamente factível. Sob este viés não podemos ler a República isolada do contexto material e sócio-intelectual em que foi gerada, tampouco absolutizar aspectos de ordem transcendente, que fazem do diálogo mera teorização vazia, vertida em proposição utópica ou dogmática. Tendo por fio condutor a busca pela essência da justiça, a República estabelece a necessidade de uma profunda e radical reforma na pólis, o que leva o diálogo à premência de um Estado perfeitamente constituído a servir como antítese dos modelos políticos inautênticos. Isso faz com que a crítica platônica à degenerada democracia ateniense ganhe contornos decisivos. O único modo de efetivar a aproximação entre idealidade e materialidade é a elevação da sabedoria ao status de legitimadora do poder. O primado de um governo filosófico revela-se a pedra de toque de toda a estrutura argumentativa político-educacional da obra, a ser garantido por um modelo educacional criteriosamente estabelecido. O governante-filósofo, ao final do processo formativo, teria em graus equânimes o conhecimento teórico da filosofia e o domínio da técnica política em suas feições práticas. Conclui-se que é a educação que une e harmoniza política e filosofia, aproxima o homem da sua porção divina e faz da Kallípolis um projeto factível na essência dos seus pressupostos fundamentais. Em suma, na República a educação configura a condição real para a edificação da Cidade ideal.
Abstract: The present work is the result of a theoretical and bibliographical research of hermeneutic nature that investigates the way in which politics and philosophy are articulated in the configuration of the ideal State described in the Plato's Republic. We defend the hypothesis that Plato finds through education a way to bring politics and philosophy together, making the yearning for a rationally constituted pólis a humanly feasible attempt. Under this bias, we can not read the Republic isolated from the material and socio-intellectual context in which it was generated, nor to absolutize aspects of a transcendent order that make dialogue merely empty theorized, expressed in a utopian or dogmatic proposition. Having as its guiding principle the quest for the essence of justice, the Republic establishes the need for a profound and radical reform in the polis, which leads the dialogue to the urgency of a perfectly constituted state to serve as the antithesis of inauthentic political models. In this context, the Platonic critique of the degenerate Athenian democracy gains decisive contours. The only way to bring about the approximation between ideality and materiality is the elevation of wisdom to the status of legitimizing power. The primacy of a philosophical government is the cornerstone of the entire argumentative political-educational structure of the work, to be guaranteed by a carefully established educational model. The philosopher-ruler, at the end of the formative process, would have in equal degrees the theoretical knowledge of philosophy and the mastery of political technique in its practical features. It is education that unites and harmonizes politics and philosophy, brings man closer to his divine portion and makes Kallípolis a feasible project in the essence of its fundamental presuppositions. In short, in the Republic education constitutes the real condition for the building of the ideal City.
Keywords: Educação - Filosofia
Educação e Estado
Mediação
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
???metadata.dc.language???: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade de Passo Fundo
???metadata.dc.publisher.initials???: UPF
???metadata.dc.publisher.department???: Faculdade de Educação – FAED
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: DALA SANTA, Fernando. A educação como mediadora entre filosofia e política na República de Platão. 2019. 205 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2019.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.upf.br:8080/jspui/handle/tede/1883
Issue Date: 27-Aug-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019FernandoDalaSanta.pdfTese Fernando Dala Santa1.39 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.