Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1217
Tipo do documento: Dissertação
Título: O diálogo na relação professor-alunos: a complexa trama das interações no cotidiano da aula no ensino médio
Título(s) alternativo(s): The dialogue in the teacher-students relationship: the complex interaction plot in the daily life of the high school class
Autor: Camargo, Alessandra Ferreira de 
Primeiro orientador: Caimi, Flávia Eloisa
Resumo: O ser humano se constitui na interação, com o outro e para o outro, o que envolve a troca de enunciados, gestos, olhares e sentidos. A escola é, por excelência, um espaço de socialização secundária, por meio da qual os sujeitos interagem e se inserem nas formas da cultura vigente. A complexa interação entre professores e alunos, tomada como objeto nesta pesquisa, é eixo fundamental e estruturante da escola. As noções de Bakhtin e do Círculo sobre a linguagem se mostraram pertinentes para a abordagem analítica do tema, já que afirmam a importância dos enunciados na constituição dos sujeitos como seres sociais, uma das principais funções da escola. Assim, com base nas noções bakhtinianas, a pesquisa exposta por esta dissertação objetivou investigar que dispositivos enunciativos são mobilizados nas interações em sala de aula e como eles favorecem ou restringem o diálogo entre professor e alunos. Realizou-se um estudo de caso de tipo etnográfico e produziram-se dados por meio de observações de aula, de grupo focal e de entrevista, utilizando-se videogravações e diário de campo. O grupo sujeito selecionado foi integrado por uma professora da Área de Linguagens de uma escola da rede pública estadual e seus alunos do 2º ano do Ensino Médio, diurno e noturno, de um município da região norte do Estado do Rio Grande do Sul. Após a leitura e a análise prévia do material produzido, organizaram-se categorias temáticas provenientes dos tópicos e singularidades do material e, a partir desses temas, cenas das observações das aulas foram selecionadas em conjunto com excertos do grupo focal e excertos da entrevista com a professora, no intuito de se fazer um estudo do material com a base teórica bakhtiniana e utilizando como metodologia de análise a Análise Dialógica do Discurso (ADD). As categorias temáticas que emergiram do material foram: a presença da cultura na sala de aula, o jogo de poder na relação pedagógica, a utilização de perguntas pela professora, o uso do humor e da ironia nas interações verbais. Com base na análise do material, verificou-se que os dispositivos da compreensão responsiva ativa, da escuta alteritária e da abertura à multiplicidade de vozes foram os mais presentes nas cenas e excertos observados. Toda interação é dialógica, mas em alguns momentos, essa dialogicidade se expressa mais explicitamente. Nos enunciados em que se identificou a mobilização explícita dos dispositivos enunciativos, houve uma interação mais produtiva, o que favoreceu a qualidade dos diálogos estabelecidos. Ainda como resultado do estudo, houve a ressignificação da prática docente da pesquisadora, pois permitiu a superação da busca por consensos em favor da abertura de espaços para a multiplicidade de vozes em aula. O estudo realizado permite concluir, por fim, que o acionamento de dispositivos enunciativos pode contribuir para que a interação entre professor e alunos seja mais satisfatória, mas para que o uso de tais dispositivos advenha de princípios teóricos e não apenas da intuição, é importante e necessário ao docente a reflexão sobre suas concepções de diálogo e sobre suas próprias ações no diálogo com os alunos.
Abstract: The human being is constituted in interaction, with the other and to the other, which involves the exchange of statements, gestures, looks and meaning. School is, by excellence, a space of secondary socialization whereby the subjects interact and are inserted in the forms of the current culture. The complex interaction between teachers and students, taken as an object in this research, is fundamental and structuring axis of the school. The notions of Bakhtin and the Circle about the language were relevant to the analytical approach of the theme , since they affirm the importance of the statements in the constitution of the subjects as social beings, one of the main functions of the school. Thus, based on the bakhtinian notions, the research exposed by this dissertation aimed to investigate which enunciative devices are mobilized in the interactions in the classroom, and how they favor or restrict the dialogue between teacher and students. It was realized an ethnographic case study and data were produced through classroom observations, focus group and interview, using video recordings and field journal. The selected subject group was integrated by a teacher of the Language Area of a state public school and her students of the second year of High School, day and night shift class, of a municipality in the northern region of the state of Rio Grande do Sul. After reading and analyzing all the material produced, thematic categories were drawn from the topics and singularities of the material and, from these themes, scenes from the class room observations were selected together with excerpts from the focus group and excerpts from the interview with the teacher, in order to make a study of the material with the Bakhtinian theoretical basis and using as methodology of analysis the Dialogical Analysis of the Discourse (ADD) . The thematic categories that emerged from the material were the presence of culture in the classroom, the power play in the pedagogical relationship, the use of questions by the teacher, the use of humor and irony in verbal interactions. Based on the analysis of the material, it was verified that the devices of active responsive comprehension, alterity listening and opening to the multiplicity of voices were the most present in the observed scenes and excerpts. All interaction is dialogic, but at times, this dialogicity is expressed more explicitly. In the statements in which the explicit mobilization of the enunciative devices was identified, there was a more productive interaction, which favored the quality of the dialogues established. There was a re-signification of the researcher's teaching practice, abandoning the search for consensuses and opening spaces for the multiplicity of voices in class. Finally, the study concludes that the activation of enunciative devices may rather contribute to a more satisfactory interaction between teacher-students, but for the use of such devices to come from theoretical principles and not just from intuition, it is important and necessary for the teacher to reflect about his conceptions of dialogue and about his own actions in the dialogue with the students.
Palavras-chave: Ensino médio
Professores
Estudantes
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade de Passo Fundo
Sigla da instituição: UPF
Departamento: Faculdade de Educação – FAED
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: CAMARGO, Alessandra Ferreira de. O diálogo na relação professor-alunos: a complexa trama das interações no cotidiano da aula no ensino médio. 2017. 168 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1217
Data de defesa: 22-Aug-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017AlessandraCamargo.pdfDissertação Alessandra Ferreira de Camargo2,48 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.