Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/685
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educação natural na primeira infância em Rousseau e Winncott
Autor: Martins, Maurício Rebelo 
Primeiro orientador: Dalbosco, Claudio Almir
Resumo: A presente pesquisa investiga o conceito de educação natural na primeira infância em Jean-Jacques Rousseau e Donald Woods Winnicott. Almeja-se, por meio do confronto entre esses dois pensadores, pesquisar o que eles pensam sobre a primeira infância. O conceito fundamental que norteará o trabalho é o de natureza, pois, de um lado, Rousseau defende que a educação na primeira infância deve seguir a natureza, e, de outro, Winnicott argumenta que a melhor educação na primeira infância é aquela conduzida naturalmente pela mãe. Busca-se compreender, portanto, como esses autores caracterizam a infância e as suas especificidades. Rousseau inovou ao afirmar que precisávamos estudar a infância pela infância e não tendo somente o mundo adulto como referência. Para ele, a criança não pode ser vista como um pequeno adulto defeituoso, pois possui características que são típicas desse estágio. Amparado por essa tese, ele acredita que devemos respeitar o mundo da criança. Winnicott concorda com Rousseau e afirma que todo profissional que trabalha com a primeira infância deve respeitar o agir natural da mãe e o desenvolvimento natural do bebê. Desse modo, apoiado nos objetivos deste trabalho, no primeiro capítulo, procura-se reconstruir analiticamente o que Rousseau entende por educação natural na primeira infância. Já no segundo capitulo, procura-se reconstruir a argumentação de Winnicott acerca da primeira infância e a sua análise do psiquismo infantil. Por fim, no terceiro capítulo, busca-se tratar, por meio do confronto entre esses dois autores, das afinidades eletivas e das diferenças cruciais entre eles. Para tanto, adota-se, como referência, os conceitos de natureza, autonomia, disposições naturais, potencialidades inatas, necessidades e cuidados. Além disso, apresentam-se as implicações pedagógicas que podem ser inferidas das suas teses
Palavras-chave: Educação - Filosofia
Psicologia da primeira infância
Sociologia educacional
Education - Philosophy
Infant psychology
Educational sociology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::FILOSOFIA DA EDUCACAO
Idioma: por
País: 
Instituição: 
Sigla da instituição: 
Departamento: Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/685
Data de defesa: 20-Ago-2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
2009MauricioRebelo.pdf618,26 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.