Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br:8080/jspui/handle/tede/2012
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Corpo e cuidado de si: a dança como experiência formativa
Other Titles: Body and self-care: dance as a formative experience
???metadata.dc.creator???: Folchini, Heloisa Andreola 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Dalbosco, Claudio Almir
???metadata.dc.description.resumo???: A pesquisa apresentada objetiva investigar sobre o corpo e a dança, com um foco maior nesta última. Alguns questionamentos centrais foram elaborados conduzindo o estudo: O que é a dança-educação? Existe um dançar como um cuidado de si e um cuidado do corpo concomitantemente? É possível o sujeito transformar-se nessa prática a ser um sujeito melhor, tanto consigo quanto em suas demais relações? Tem-se como objetivo principal, responder a pergunta que surge do problema de pesquisa: O que significa compreender a dança como um cuidado de si? O estudo é uma pesquisa de natureza bibliográfica, leituras e reflexões, com foco hermenêutico e interpretação e diálogo do texto clássico. A dissertação está estruturada em três capítulos. Inicialmente, faz-se um diagnóstico do corpo contemporâneo, apresentando-se fatores externos como a moda, a mídia, o consumismo, as ideologias e, os critérios de sociabilidade pautados no corpo-, que incidem sobre ele e o condicionam de alguma forma. Recorre-se, para tal, a teóricos como Francisco Ortega e Jurandir Freire Costa. No segundo capítulo toma-se Michel Foucault e seu estudo sobre o cuidado de si vinculando-o ao cuidado do corpo mediante os aspectos da dietética, da estética e da ética. Esse passo permite chegar-se ao ponto principal da dissertação, seu terceiro e último capítulo, que aborda a dança e seu papel formativo. Tematiza-se a dança como um processo de autoformação e de autodisciplina do praticante, desenvolvendo habilidades sensíveis naquele que dança, tendo-a como uma prática de liberdade, o que permite compreendê-la como cuidado de si. Nesse sentido, ela é compreendida como modo de viver, a partir de uma base ética, e como um exercício em que o sujeito se transforma, mediante essa prática, em direção ao melhor de si. Conclui-se que a dança pode configurar-se como um cuidado de si com implicações subjetivas e éticas, possibilitando ao sujeito envolver-se em uma estética da existência, tornando-se empático e sensível a si mesmo, ao outro e ao mundo.
Abstract: The research presented aims to investigate the body and dance, with a greater focus on the latter. Some central questions were elaborated conducting the study: What is dance education? Is there a dance as a self-care and a body care concurrently? Is it possible for the subject to transform himself into this practice to be a better subject, both with himself and in his other relationships? Its main objective is to answer the question that arises from the research problem: What does it mean to understand dance as self-care? The study is a bibliographic research, readings and reflections, with a hermeneutic focus and interpretation and dialogue of the classic text. The dissertation is structured in three chapters. Initially, a diagnosis of the contemporary body is made, presenting external factors - such as fashion, the media, consumerism, ideologies and, the sociability criteria based on the body -, which affect it and condition it in some way. . To this end, theorists such as Francisco Ortega and Jurandir Freire Costa are used. In the second chapter, Michel Foucault and his study of self-care is taken, linking it to body care through aspects of dietetics, aesthetics and ethics. This step allows us to reach the main point of the dissertation, its third and final chapter, which addresses dance and its formative role. Dance is themed as a process of self-formation and self-discipline of the practitioner, developing sensitive skills in the one who dances, having it as a practice of freedom, which allows to understand it as self-care. In this sense, it is understood as a way of life, from an ethical basis, and as an exercise in which the subject is transformed, through this practice, towards the best of himself. It is concluded that dance can be configured as self-care with subjective and ethical implications, allowing the subject to become involved in an aesthetic of existence, becoming empathic and sensitive to himself, the other and the world.
Keywords: Dança - Educação
Estética
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
???metadata.dc.language???: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade de Passo Fundo
???metadata.dc.publisher.initials???: UPF
???metadata.dc.publisher.department???: Faculdade de Educação – FAED
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: FOLCHINI, Heloisa Andreola. Corpo e cuidado de si: a dança como experiência formativa. 2020. 76 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2020.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.upf.br:8080/jspui/handle/tede/2012
Issue Date: 27-Aug-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020HeloisaAndreolaFolchini.pdfDissertação Heloisa Andreola Folchini558.42 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.