Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br:8080/jspui/handle/tede/759
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Da (des)responsabilidade docente pelo mundo ao Amor Mundi em Hannah Arendt
???metadata.dc.creator???: Morello, Eduardo 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Cenci, Angelo Vitório
???metadata.dc.description.resumo???: A presente dissertação tematiza a relação entre docência e mundo em Hannah Arendt. O ponto de partida da investigação é a constatação de Arendt de que essa relação sofre uma ruptura com o advento da esfera social na modernidade, de maneira que a única preocupação comum aos indivíduos passa a ser a vida, a sobrevivência e o bem-estar, ocorrendo, assim, a inversão entre mundo e vida. Partindo dessa problemática, a questão central consiste em como educar os recém-chegados em um mundo onde a única preocupação que se impõe é com a vida, a sobrevivência e o bem-estar. Embora Arendt não forneça respostas, é implacável ao afirmar que na educação os docentes devem assumir uma dupla responsabilidade, a saber, pelo mundo e pelos recém-chegados. Com base nessa posição da autora, formula-se a hipótese de que uma possível reconciliação entre docência e mundo pode ser buscada na noção de responsabilidade pelo mundo, compreendida como condição de possibilidade para autoridade docente, bem como manifestação do amor mundi na educação. A fim de desenvolvê-la, realiza-se uma pesquisa de natureza bibliográfica, orientada por um procedimento analíticoreconstrutivo de textos arendtianos e da literatura secundária relacionada à problemática de pesquisa. O trabalho encontra-se estruturado em três capítulos: no primeiro, aborda-se alguns sentidos do conceito arendtiano de mundo na obra A condição humana e no ensaio A crise na educação ; no segundo, analisa-se o domínio da esfera social sobre o âmbito pré-político da educação enquanto uma das principais condições que levaram os docentes a se recusarem a assumir a responsabilidade pelo mundo frente aos recém-chegados; por fim, no terceiro, formula-se uma possibilidade de reconciliação entre docência e mundo com base na noção de responsabilidade pelo mundo compreendida em um duplo aspecto: como condição de possibilidade para a autoridade docente e como manifestação do amor mundi na educação
Abstract: This dissertation thematizes the relationship between teaching and world in Hannah Arendt. The starting point of the investigation is Arendt's observation that this relation is disrupted with the advent of social sphere in modernity, so that the only "common" concern to the individuals happens to be the life, the survival and the well-being, occurring, thus, the inversion of world and life. Based on this problematic, the central question is how to educate the newcomers in a world where the only concern that is needed is with life, with survival and with well-being. Although Arendt does not provide answers, she is implacable in asserting that in education teachers should take a dual responsibility, namely, with the world and newcomers. Based on this position of the author, it is formulated the hypothesis that a possible reconciliation among teaching and world can be sought in the notion of responsibility for the world understood as a condition of possibility for teaching authority, as well as manifestation of amor mundi in education. In order to develop it, is carried out research of bibliographical nature, guided by an analytical-reconstructive procedure of delimited arendtians texts and secondary literature related to the research problematic. The work is structured in three chapters: in the first one, we discuss some senses of Arendt's concept of world in the book The human condition and in the essay "The crisis in education"; on the second, we analyze the field of social sphere on the pre-political sphere of education as one of the main conditions that led teachers to refuse themselves to take responsibility for the world front of newcomers; at last, on the third one, it is formulated a possibility of reconciliation between teaching and world as from the notion of responsibility for the world understood in a double aspect: as a condition of possibility for the teaching authority and as a manifestation of amor mundi in education
Keywords: Arendt, Hannah, 1906-1975. A condição humana
Educação
Professores - Formação
Sociologia educacional
Arendt , Hannah , 1906-1975 .The human condition
Education
Teachers - Training
Educational sociology
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
???metadata.dc.language???: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade de Passo Fundo
???metadata.dc.publisher.initials???: UPF
???metadata.dc.publisher.department???: Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: MORELLO, Eduardo. Da (des)responsabilidade docente pelo mundo ao Amor Mundi em Hannah Arendt. 2014. 91 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2014.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/759
Issue Date: 24-Nov-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File SizeFormat 
2014Eduardo Morello.pdf385.06 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.