Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1635
Tipo do documento: Dissertação
Título: O cantar e o poetizar no Rio Uruguai: o ethos discursivo personificado em poemas e canções São-Borjenses
Título(s) alternativo(s): The singing and the poetizing in the Uruguay River: the discursive ethos personified in poems and songs São-Borjenses
Autor: Caporal, Ariane da Rosa Ferreira 
Primeiro orientador: Freitas, Ernani Cesar de
Resumo: Este trabalho de dissertação comporta a temática voltada à cena enunciativa, à cenografia e à construção do ethos discursivo do Rio Uruguai em poemas e canções sãoborjenses. Assim, delimitamos que este estudo compreende a cenografia como um construto enunciativo e as possibilidades de representação de um ethos do Rio Uruguai, que cursa e divide fronteiras, perpassando pela histórica cidade de São Borja. Suas águas refletem-se na cultura e na literatura local, o rio é personagem/protagonista em canções e poemas de escritores da cidade. O objetivo deste estudo é demonstrar e analisar a cenografia que constrói o ethos discursivo, como imagem de si, bem como verificar como se dá a representação do Rio Uruguai em canções e poemas de produções literárias são-borjenses, que são marcados por questões identitárias e culturais. Os pressupostos teóricos que fundamentaram a pesquisa são os estudos identitários, simbólicos e culturais de Stuart Hall (2014), Pierre Bourdieu (1998) e Michel de Certeau (2012, 2014), os quais contribuem para a compreensão da história e formação de uma dada sociedade, num processo que congrega crenças, manifestações artísticas e características que interpelam e se relacionam na esfera sociocultural. O alicerce teórico-metodológico deste trabalho concerne ao arcabouço da semântica global, em seus planos constitutivos do discurso, mediante categorias que referem cenas enunciativas, cenografia e ethos discursivo, proposta por Dominique Maingueneau (2008a, 2008b, 2015). Os corpora neste estudo são canções e poemas que versam sobre o Rio Uruguai, textos que compõem discursos que provêm da memória social, cultural e simbólica da constituição identitária são-borjense. A pesquisa desenvolve-se utilizando o tipo exploratório, bibliográfico e documental com abordagem qualitativa. Nas produções literárias, escolhidas como corpora de análise, observamos que, além da atividade discursiva, da composição literário-artística, é conferida ao Rio Uruguai uma personificação. Há uma imagem de si, um ethos corporificado que advém do Rio que se desloca de seu curso natural de integrador da geografia, de forma a atingir uma condição simbolizada e encarnada nos corpora.
Abstract: The theme of this study is about enunciative scene, scenography and the construction of the discursive ethos of Uruguay River in são-borjense poems and songs. Therefore, this study shows the scenography as an enunciative construct and possibilities of representation of an ethos of Uruguay River, which flows and shares borders and goes through the historic city of São Borja. Its river reflects the culture and the local literature. The river is a character/protagonist in songs and poems of writers, who are from São Borja. The objective of this study is to show and analyze the scenography that creates the discursive ethos, as an image of itself, as well as verify how the representation of Uraguay River is expressed in são- borjense songs and poems, which are characterized by aspects of identity and culture. The theoretical assumptions of this research are the symbolic, cultural, identity studies of Stuart Hall (2014), Pierre Bourdieu (1998) and Michel de Certeau (2012, 2014), who contribute to understand the history and the formation of each society, in a process, which gathers beliefs, artistic manifestations and characteristics that are related to the sociocultural field. The theoretical foundation of this study is based on the global semantics, in its constitutive plans of discourse, and categories related to enunciative scenes, scenography and discursive ethos, proposed by Dominique Maingueneau (2008a, 2008b, 2015). The corpora of this research are songs and poems about Uruguay River, texts with discourses, which come from symbolic, cultural and social memory of são-borjense identity constitution. The research is exploratory, bibliographic and documental with qualitative approach. Through the analysis of the literary productions, it is noticed that besides the discursive activity of the literary and artistic composition, there is a personification in the productions. There is an image of itself, an embodied ethos that comes from Uruguay River, which moves from its natural course of geography integrator in a way that reachs symbolized condition and incarnate in the corpora.Keywords: Culture. Identity. Discourse. Scenography. Ethos.
Palavras-chave: Cultura
Identidade social
Análise do discurso
Poesia - São Borja (RS)
São Borja (RS)
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade de Passo Fundo
Sigla da instituição: UPF
Departamento: Faculdade de Educação – FAED
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Citação: CAPORAL, Ariane da Rosa Ferreira. O cantar e o poetizar no Rio Uruguai: o ethos discursivo personificado em poemas e canções São-Borjenses. 2018. f 131. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1635
Data de defesa: 18-Apr-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018ArianedaRosaFerreiraCaporal.pdfDissertação Ariane da Rosa Ferreira Caporal959,93 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.