Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1325
Tipo do documento: Dissertação
Título: A felicidade na perspectiva de idosos institucionalizados
Título(s) alternativo(s): Happiness from the perspective of institutionalized elders
Autor: Kaczalla, Fernanda Kesties 
Primeiro orientador: Portella, Marilene Rodrigues
Resumo: O tema felicidade surge frequentemente em vários lugares e setores do conhecimento humano ressaltando sua importância. Na sociedade contemporânea tem sido comum deparar-se com pessoas criando e recriando situações que lhes favoreçam bem-estar social e pessoal, revelando, na humanidade, um desejo imenso de ser feliz, de encontrar-se com a felicidade e caminhar com ela. Este estudo teve por objetivo conhecer a concepção de felicidade na perspectiva de idosos institucionalizados. Para concretizar o objetivo foi desenvolvida pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, com participação de dezenove indivíduos, residentes em instituições de longa permanência, localizadas na região norte do Rio Grande do Sul. Os critérios de inclusão dos participantes foram: possuir idade igual ou superior a 60 anos, de ambos os sexos, em condições de comunicação e verbalização preservada e obtenção de escores mínimos no Mini Exame do Estado Mental. Os resultados indicaram que a felicidade na velhice dá ênfase ao estado de saúde e está condicionada às múltiplas dimensões: a relacional, que engloba os vínculos familiares e as amizades; a ocupacional que remete às atividades e ocupações pregressas à institucionalização; a dimensão física, na qual a funcionalidade ganha destaque como determinante da felicidade e a dimensão material, que direciona aos recursos materiais e financeiros, sem os quais se evidencia prejuízo nas condições de vida e repercussão sobre a percepção da felicidade. Considerando os resultados deste estudo, concluiu-se que, para os idosos institucionalizados, a felicidade tende a relacionar-se com as quatro diferentes dimensões, na qual é relevante elucidar as relações entre o sentimento de felicidade e as condições de saúde, porque a felicidade e o bem-estar de indivíduos e populações é a meta final, a busca da felicidade como realização de cada pessoa.
Abstract: The theme of happiness often appears in various places and sectors of human knowledge emphasizing its importance. In contemporary society, it has been common to meet people by creating and recreating situations that favor social and personal well-being, revealing in humanity an immense desire to be happy, to meet and walk with happiness. This study aimed to know the conception of happiness from the perspective of institutionalized elders. To achieve this objective, a descriptive qualitative approach developed, with the participation of nineteen individuals aged older residing in long-term institutions located in the northern region of Rio Grande do Sul. The inclusion criteria were age Equal or superior to 60 years, of both sexes, in conditions of communication and preserved verbalization and obtaining minimum scores in the Mental State Mini Exam. The results indicate that happiness in old age emphasizes health status and conditioned to multiple dimensions: relational, which encompasses family ties and friendships; the occupational that refers to activities and occupations precedes institutiona lization. The physical dimension, in which functionality gains prominence as determinant of happiness. In addition, the material dimension, which directs to material and financial resources, without which there is evidence of impairment in living conditions. In addition, repercussions on the perception of happiness. Considering the results of this study, it concluded that, for the institutionalized elderly, happiness tends to related to the four different dimensions. Being relevant to elucidate the relationship between happiness and health conditions, because happiness and good -Assessment of individuals and populations is the ultimate goal, because it is human nature, according to its context and situation, the pursuit of happiness as the fulfillment of each person.
Palavras-chave: Felicidade
Envelhecimento - Aspectos psicológicos
Velhice - Asilos
Idosos - Cuidado e higiene
Saúde
Área(s) do CNPq: SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade de Passo Fundo
Sigla da instituição: UPF
Departamento: Faculdade de Educação Física e Fisioterapia – FEFF
Programa: Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano
Citação: KACZALLA, Fernanda Kesties. A felicidade na perspectiva de idosos institucionalizados. 2017. 81 f.Dissertação (Mestrado em Envelhecimento Humano) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1325
Data de defesa: 28-Aug-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017FernandaKestiesKaczalla.pdfDissertação Fernanda Kesties Kaczalla515,7 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.