Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1093
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da satisfação do atendimento hospitalar em pacientes idosos
Autor: Schmitz, Andréia 
Primeiro orientador: Lisbôa, Hugo Roberto Kurtz
Pasqualotti, Adriano
Resumo: Está havendo um aumento da população idosa no Brasil. Como nesta faixa etária ocorre um maior número de hospitalizações é importante verificar como está a qualidade dos serviços hospitalares oferecidos nesta faixa etária. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a satisfação ao atendimento hospitalar de pacientes idosos internados pelo Sistema Único de Saúde, e a atuação dos profissionais responsáveis atendimento no hospital. Pretendeu-se avaliar todas as etapas da hospitalização desde a internação até a alta. Verificar a satisfação com a atuação de médicos, enfermeiros e outros funcionários e com o conforto oferecido pelo hospital. Avaliar a dor referida pelo paciente em todas as etapas deste processo. O local do estudo foi o Hospital de Caridade de Carazinho, RS, Brasil e foram entrevistados idosos de ambos os sexos, com internação mínima de três dias. Os dados foram obtidos pela aplicação de um questionário com 33 questões referentes ao perfil do paciente, sequência do atendimento e acompanhamento, nível de dor, hotelaria hospitalar e conceituação geral da internação. O estudo foi realizado após apreciação e aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade de Passo Fundo. Participaram desse estudo 112 idosos, sendo 53,6% do sexo feminino (n = 60). A média da idade dos sujeitos foi de 70 anos. As principais causas de internação foram das doenças respiratórias (16,1%), seguida das cardiovasculares (11,6%), gastrointestinais (9,8%), ginecológicas (9,8%), ortopédicas traumatológicas e reumatológicas (6,3%) e oncológicas (5,4%). Oitenta e seis por cento dos entrevistados eram provenientes da emergência do hospital; 51,8% esperaram entre uma e três horas. Noventa por cento pacientes sentiram dor em alguma estapa da internação, 78% não receberam informações consideradas adequadas pelo médico e 58% não receberam orientações satisfatórias da enfermagem sobre o tratamento. Oitenta e um por cento dos pacientes declararam-se confortáveis no leito e 75% avaliaram a experiência hospitalar como boa. Os resultados evidenciaram que a maioria dos idosos refere dor no processo de hospitalização e a relação médico-paciente e enfermagem não está adequada a boa qualidade oferecida pelo hospital nos serviços prestados aos idosos internados pelo Sistema Único de Saúde
Palavras-chave: Satisfação do consumidor
Pessoal da area médica e pacientes
Idosos - Cuidado e higiene
Envelhecimento
Consumer satisfaction
Medical personnel and patient
Aged - Care and hygiene
Aging
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: 
Instituição: 
Sigla da instituição: 
Departamento: Ciências da Saúde e Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/1093
Data de defesa: 26-Apr-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano

Files in This Item:
File SizeFormat 
2012Andreia_Schmitz.pdf786,13 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.