Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/948
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os sentidos argumentativos da palavra "homem" em letras de músicas de bandas punk dos anos 80
Autor: Mendel, Guilherme Mossini 
Primeiro orientador: Graeff, Telisa Furlanetto
Resumo: Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de descrever quais são os sentidos argumentativos da palavra "homem" em letras de músicas de bandas punk dos anos 80 e, a partir disso, verificar se são semelhantes, levando-se em conta que as canções foram elaboradas no mesmo momento histórico, ou se são diferentes. Como consequência dessa questão, pretendeu-se chegar à visão de mundo desses grupos musicais, verificando especialmente se eles eram apenas jovens revoltados contra tudo e contra todos ou se realmente tinham algo a acrescentar na conscientização social e política dos brasileiros. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é, em termos gerais, compreender os sentidos argumentativos de palavras e enunciados por meio das ferramentas interpretativas proporcionadas pelas pesquisas em semântica argumentativa praticadas por Oswald Ducrot e Marion Carel, de modo a aprimorar a eficácia da leitura. Para conseguir cumprir o que foi proposto, foi escolhido como procedimento investigativo a pesquisa em livros, em sites da internet, em álbuns das bandas daquela época, em vídeos históricos, procurando um material o mais coerente possível, tendo em vista que o Movimento Punk sempre esteve aquém da cultura noticiada e documentada. Inicialmente, fez-se uma pesquisa sobre o contexto sociopolítico brasileiro no qual surgiram os grupos de Punk Rock e, em seguida, realizou-se uma investigação a respeito da história do Movimento Punk no mundo e no Brasil. No que concerne ao Punk internacional, foram considerados os dois principais polos de surgimento e organização do movimento: EUA e Reino Unido, já que ambos serviram como exemplos à ideologia e às práticas dos punks de outras nacionalidades. Posteriormente, então, a Teoria dos Blocos Semânticos foi aplicada em oito canções, de quatro artistas diferentes, de regiões diversas do país, de modo a encontrar e caracterizar os sentidos dados à palavra "homem" por esses jovens, atingindo as metas desse trabalho. Assim, os resultados obtidos da análise do corpus são basicamente estes: algumas bandas falam do "homem" como indivíduo do sexo masculino, tratando de assuntos mais ligados a esse gênero (entre eles, a influência da experiência nas relações amorosas, a pressão sobre o homem para ser forte, não chorar, saber lidar com qualquer situação); e outras tratam do "homem" em relação à raça humana, caracterizando-o como orgulhoso, ganancioso e imprudente. Por fim, constatou-se, durante o processo de elaboração deste texto monográfico, que os punks não eram somente adolescentes revoltados contra tudo e contra todos. Em suas músicas, eles trouxeram ricas reflexões sobre questões sociais importantes, como: o êxodo rural, o desmatamento, a ganância, a corrupção, a desigualdade social, o descaso com o meio ambiente, o desemprego, o preconceito, as guerras, entre outras. Os músicos punk não contavam com o apoio de grandes gravadoras, para que seu trabalho chegasse com qualidade à maioria do público. Contudo, sua pretensão artística maior era (e continua sendo) fazer parte de uma contracultura, distante das amarras alienantes do Sistema. Desse modo, "arregaçavam as mangas" e participavam de todas as etapas de qualquer atividade que se dispunham a fazer. É de crer que, caso mais pessoas pudessem ouvi-la, a música punk contribuiria para a construção de uma sociedade mais crítica, justa e consciente.
Abstract: The present research has the following purposes: to describe the argumentative meanings of the word man in 80 s brazilian punk songs lyrics and, from this, to verify they are similar, because the songs were composed in the same historical context, or they are different. With this first investigation, we intend knowing these group s worldview, checking especially if they were just young rebels against everything and everyone or if they really had something to add in social and political awareness of the Brazilians. Therefore, the general objective of this work is to understand the argumentative meanings of words and sentences by the Oswald Ducrot and Marion Carel s theory of argumentation within language interpretative instruments, to improve the student s efficiency in reading. To be able to fulfill what was proposed was chosen as the research investigative procedure in books, websites, those groups albums, videos and documentaries, looking for a material as consistent as possible, given that punk always culture was lower than reported and documented. Initially, it was a research on the socio-political context in which emerged the Brazilian punk rock groups, and then held a research about the history of the punk movement in the world and in Brazil. Regarding the international Punk, we considered the two main poles of the appearance and organization of the movement: U.S. and UK, both of which served as examples to the ideology and practices of the punk of other nationalities. Later, then, the Semantic Blocks Theory was applied in eight lyrics. These lyrics were composed by four different artists from various regions of the country, in order to find and characterize the argumentative meanings of the word "man", meeting the objective of this work. Thus, the results obtained from the analysis of the corpus are basically these: some bands speak of "man" as the male, dealing with issues related to this genre (including the influence of experience in relationships, the pressure on the man to be strong, for example), and others deal with "man" in relation to the human being, characterizing him as proud, greedy and reckless. Finally, the punks were not just angry teenagers against everything and everyone. In their music, they brought rich reflections on important issues such as: rural migration, deforestation, greed, corruption, social inequality, neglect of the environment, unemployment, prejudice, wars, among others. They didn t have the backing of major labels for his work to come to most of the public. However, their greatest artistic intention was (and remains) to make a subculture, far from the shackles of alienating system. Thus, they participated in all stages of any activity that they were willing to do. And if more people could hear them, their art would help to build more critical, fair and conscientious society.
Palavras-chave: Semântica
Punks
Análise do discurso
Semantics
Punk culture
Discourse analysis
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: 
Instituição: 
Sigla da instituição: 
Departamento: Estudos Linguísticos e Estudos Literários
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/948
Data de defesa: 21-May-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.