Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/846
Tipo do documento: Dissertação
Título: (Im)parcialidade na comunicação jornalística : questões enunciativas e a subjetividade na linguagem
Título(s) alternativo(s): ( Im) partiality in journalistic communication : enunciation issues and subjectivity in language
Autor: Euzebio, Valaci 
Primeiro orientador: Toldo, Claudia Stumpf
Resumo: O presente estudo pretende discutir a existência (ou não) da imparcialidade jornalística, tendo em vista a existência da subjetividade na linguagem, tão amplamente discutida no meio acadêmico, fato que explica essa reflexão científica. O tema da pesquisa centra-se na questão da imparcialidade, sendo esta percebida como um dos alicerces do jornalismo, ressaltando que a própria isenção sobre um tema já mostra um posicionamento, e a subjetividade sendo marcada pela linguagem utilizada no texto. A justificativa aponta que a comunicação social apresenta essa diversidade de relações, fazendo uma analogia pode-se dizer que de um lado está o discurso para a comunicação, e do outro a subjetividade da língua, envolvendo a Teoria da Comunicação e a Teoria da Enunciação. O corpus de análise centra-se em três notícias da Revista Veja, no formato on-line, publicadas no seu site oficial, envolvendo o tema educação, cujos títulos são Em 2022, Brasil será um país de alfabetizados e nada mais , Fies: prazo de inscrição para pré-selecionados termina nesta terça-feira , e Barreiras para melhorar a educação brasileira são políticas., diz economista do Banco Mundial . Esse fenômeno envolve língua, linguagem, homem e sociedade de tal forma que fica impossível separá-los. Eles se tornaram elementos indissociáveis. Sendo assim, fundamentamos a necessidade de investigar a imparcialidade e a subjetividade neste gênero textual: a notícia on-line. A metodologia caracteriza uma pesquisa descritiva, bibliográfica e com abordagem qualitativa. Nesse sentido, desenvolvemos um percurso metodológico de leitura e de escrita. O primeiro capítulo é introdutório, apresentando o que vai ser abordado nesse estudo. O segundo é destinado a Teoria da Comunicação: quem não se comunica se trumbica; contemplando oito seções. O terceiro capítulo propõe um estudo da Teoria da Enunciação de Benveniste: um olhar sobre o texto; apresentando seis seções. O quarto é para metodologia e análise do corpus; expondo sete seções, e as considerações finais. Com base em nosso aporte teórico e bibliográfico, detectamos um distanciamento das três matérias noticiosas com a imparcialidade jornalística, ao mesmo tempo em que presenciamos uma aproximação com a subjetividade na linguagem
Abstract: This study discusses the existence (or not) of journalistic impartiality, given the existence of subjectivity in language, as widely discussed in academic circles, which explains this scientific reflection. The theme of the research focuses on the question of impartiality, which is perceived as one of the foundations of journalism, emphasizing that the very exemption on a theme already shows a positioning, and subjectivity being marked by the language used in the text. The justification shows that the media presents this diversity of relationships, making an analogy can be said that on one side is the speech for communication, and the other language of subjectivity, involving Communication Theory and the Theory of Enunciation. The corpus of analysis focuses on three news magazine Veja, the online format, published on its official site, involving the theme education, whose titles are In 2022, Brazil is a country of literate - and nothing else , Fies: application deadline for pre-selected ends on Tuesday , and Barriers to improve education in Brazil are political‟, says World Bank economist . This phenomenon involves language, language, man and society in a way that is impossible to separate them. They became inseparable. So, it is based on the need to investigate the impartiality and subjectivity in this genre: the online news. The methodology features a descriptive bibliography and with qualitative research approach. Accordingly, we developed a methodological path of reading and writing. The first chapter is introductory, presenting what will be addressed in this study. The second is aimed at Communication Theory: who does not communicate if trumbica; covering eight sections. The third chapter proposes a study of the Theory of Enunciation Benveniste: a look at the text; featuring six sections. The fourth is to methodology and analysis of the corpus; exposing seven sections, and the final considerations. Based on our theoretical and bibliographic input, we detected a detachment of the three news stories with journalistic impartiality, while we witness an approach to subjectivity in language
Palavras-chave: Comunicação de massa
Redação de textos jornalísticos
Análise do discurso
Subjetividade
Mass communication
Writing newspaper articles
Speech analysis
Subjectivity
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade de Passo Fundo
Sigla da instituição: UPF
Departamento: Estudos Linguísticos e Estudos Literários
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Citação: EUZEBIO, Valaci. ( Im) partiality in journalistic communication : enunciation issues and subjectivity in language. 2015. 110 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos e Estudos Literários) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/846
Data de defesa: 17-Nov-2015
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
2015ValaciEuzebio.pdf493,29 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.