Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/504
Tipo do documento: Dissertação
Título: Drechslera avenae : quantificação da incidência e controle da transmissão de sementes para órgãos aéreos em aveia
Título(s) alternativo(s): Drechslera avenae: quantification of incidence and control of the transmission from seeds to above ground plant parts in oats
Autor: Almeida, Mirella Figueiró de 
Primeiro orientador: Reis, Erlei Melo
Resumo: A cultura da aveia, representada pelas espécies Avena sativa L. e Avena strigosa Schreb., é uma das principais alternativas para o cultivo durante o inverno no Sul do Brasil. Os patógenos dessa cultura, como Drechslera avenae (Eidam) Sharif causador da helmintosporiose, sobrevive em sementes e nos restos culturais. A helmintosporiose da aveia é relatada em todas as áreas onde se cultiva aveia, isso ocorre porque o agente causal está em íntima associação com as sementes, sendo assim disseminado a longa distância. Quando sementes infectadas são plantadas, os sintomas da doença podem ser visualizados nos coleóptilos das plântulas. Trata-se da transmissão do patógeno das sementes para os órgãos aéreos. Isso ocorre, porque os métodos de controle disponíveis não são suficientes para erradicá-lo. Os objetivos do presente trabalho foram: a) selecionar um método eficiente para detecção de fungos patogênicos em sementes de aveia; b) quantificar a incidência dos fungos em sementes de aveia produzidas em diferentes municípios do Rio Grande do Sul; c) identificar o agente causal da helmintosporiose da aveia isolados desementes naturalmente infectadas, pelo teste de patogenicidade e metodologia de caracterização morfológica do fungo; d) desenvolver uma metodologia de tratamento de sementes visando erradicar o fungo D. avenae de sementes de aveia, visando também evitar a transmissão do fungo das sementes para os órgãos aéreos de aveia. Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Fitopatologia da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Passo Fundo. Um total de 38 amostras foram plaqueadas em gerboxes contendo os meios de cultura e incubadas em câmara climatizada. O meio seletivo de Reis mostrou-se mais sensível na detecção de D. avenae e Alternaria alternata (Fr.) Keissler em aveia branca e preta; já para Bipolaris sorokiniana (Sacc.) Shoem. o meio BDA foi o mais sensível em aveia branca, para aveia preta não houve diferença estatística
Abstract: Oat crop represented by Avena sativa and A. strigosa species, is one of the main alternative crops for farming during the winter in the South of Brazil. The fungus causal agent of oat helminthosporiosis is Drechslera avenae (Eidam) Sharif, which survives in seeds and in crop residues. Oat helminthosporiosis is present in all areas where the crop is cultivated. Its general occurrence is because the causal agent is in association with the seeds, being spread for long distances. When infected seeds are planted, the disease symptoms may be visualized in the coleoptyles or as lesions on plumules. This occurs, because the available methods of control are not enough to eradicate the pathogen from seeds. The objectives of the present work were: a) to screen an efficient method for detention of D. avenae in oats seeds; b) to quantify the incidence of the fungus in oats seeds in different counties of the Rio Grande do Sul state; c) to isolate, perform the pathogenicity test and to identify the causal agent; d) to develop a methodology for seed treatment aimed at to eradicate the fungus from infected seeds, to prevent the fungus transmission from seeds to the leaves. The experiments were conducted in the Laboratório de Fitopatologia of Faculdade de Agronomia and Medicina Veterinária of University of Passo Fundo. A total of 38 oats seeds samples were plated in gerboxes containing culture media and incubated in a growth room. The Reis selective medium was more sensitive in the detention of D. avenae and Alternaria alternate (Fr.) Keissler in white and black oats than the potato dextrose medium (PDA); for Bipolaris sorokiniana (Sacc.) Shoem., the PDA medium was the most sensitive in white oats, but for black oats there was no statistical differences between media
Palavras-chave: Aveia - Doenças e pragas
Aveia - Cultivo
Fitopatologia
Sementes - Patologia
Oats
Seeds
Pathology
Plant diseases
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade de Passo Fundo
Sigla da instituição: UPF
Departamento: Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária – FAMV
Programa: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/504
Data de defesa: 3-Mar-2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
2008MirellaFigueirodeAlmeida.pdf1,56 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.