Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/485
Tipo do documento: Dissertação
Título: Momentos e número de aplicações de fungicidas e seu efeito sobre a duração da área foliar sadia e o rendimento de grãos em soja
Título(s) alternativo(s): Timing and number of fungicidal sprays and their effects on health leaf area duration and grain yield of soybeans
Autor: Alessio, Diego
Primeiro orientador: Forcelini, Carlos Alberto
Resumo: Em estudos feitos com o objetivo de avaliar os efeitos do controle químico sobre as doenças foliares da cultura da soja são utilizadas variáveis que levam em consideração a área foliar lesionada ou removida e não a área foliar remanescente da planta. No entanto, o rendimento de grãos na cultura da soja tem relação significativa com a duração da área foliar sadia (DAFS) durante o seu período reprodutivo. Programas de aplicações de fungicidas visando ao controle de doenças foliares que permitam maior DAFS devem proporcionar melhores rendimentos ao produtor. Com esse objetivo, experimentos foram realizados na FAMV/UPF, utilizando diferentes cultivares e programas de aplicação. Na safra 2006/07, foram avaliados três cultivares de ciclo precoce, médio e longo, semeados em 05/12/2006 e submetidos ao tratamento com fungicidas, em uma aplicação (R1, R3, ou R5.1) ou duas aplicações (R1 + R5.1). Os ingredientes ativos (i.a) utilizados foram às misturas pré-formuladas de epoxiconazole 25 g i.a/ha-1 + piraclostrobina 66,5 g i.a/ha-1, ciproconazole 24 g i.a/ha-1 + azoxistrobina 60 g i.a/ha-1 mais 0,5% do adjuvante Nimbus e ciproconazole 24 g i.a/ha-1 + trifloxistrobina 56,25 g i.a/ha-1 mais 0,5% do adjuvante Attach. Avaliações de doenças e quantificações de área foliar foram feitas simultaneamente em três momentos dentro período reprodutivo (R1, R5.1 e R6), coletando cinco plantas por parcela. Foram quantificadas a área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD), a duração da área foliar (DAF), a duração da área foliar sadia (DAFS) e o rendimento e peso de grãos. As condições climáticas, caracterizadas por temperaturas elevadas e chuvas bem distribuídas, foram favoráveis ao desenvolvimento da ferrugem, a qual foi observada aos 95 dias após a emergência para os três cultivares, conseqüentemente, sendo o de ciclo tardio foi o mais afetado. Uma aplicação de fungicida, independente do estádio reprodutivo e da mistura utilizada, não foi suficiente para a manutenção da área foliar durante todo o período reprodutivo. De maneira geral, duas aplicações foram significativamente superiores para os três cultivares, proporcionando incrementos entre 15 a 26% na duração da área foliar sadia durante o período reprodutivo, refletindo em aumentos de 25 a 42% no rendimento de grãos
Abstract: Studies carried out to evaluate chemical control of soybean diseases usually consider the diseased or removed but not the remaining leaf area. However, grain yield has shown to be more related to the health leaf area duration (DAFS) during the reproductive stages of soybeans. Programs of fungicidal sprays that allow for higher DAFS are expected to provide increased grain yields. With this hypothesis field trials were conducted at the FAMV/UPF in the summer season of 2006/07 using three soybeans cultivars of short, medium, and long crop cycles, and fungicidal spray programs with one application at R1, R3, or R5.1 and two applications at R1 and R5.1. The following fungicides were used: epoxiconazol 25 g a.i../ha-1 + pyraclostrobin 66.5 g a.i./ha-1, cyproconazol 24 g a.i./ha-1 + azoxystrobin 60 g a.i./ha-1 + 0.5% of the adjuvant Nimbus, and cyproconazol 24 g a.i./ha-1 + tryfloxistrobin 56.25 g a.i./ha-1 + 0.5% of the adjuvant Attach. Assessments of disease severity and leaf area were carried out collecting five plants per plot at the plant stages R1, R5.1, and R6. Later the area under the disease progress curves, the leaf area duration (DAF), the healthy leaf area duration (DAFS), and the grain yield were determined. The summer temperatures and rain amount in 2006/07 favored soybean rust, which occurred from 95 days after plant emergence for all cultivars. Therefore the long cycle cultivar was the most affected by rust. One application of fungicide, no matter the plant stage or the active ingredient, was not enough to maintain the leaf area along the reproductive period for three cultivars. Overall, two applications resulted in DAFS 15 to 26% superior to the other treatments, with increases in grain yield of 25 to 42%
Palavras-chave: Soja - Doenças e pragas
Análise foliar
Soja - Cultivo
Fitopatologia
Foliar diagnosis
Soybean
Plant diseases
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade de Passo Fundo
Sigla da instituição: UPF
Departamento: Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária – FAMV
Programa: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/485
Data de defesa: 15-Abr-2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
2008DiegoAlessio.pdf823,46 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.