Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1147
Tipo do documento: Dissertação
Título: Velhice feminina e beleza corporal
Autor: Fin, Thais Caroline 
Primeiro orientador: Portella, Marilene Rodrigues
Primeiro coorientador: Scortegagna, Silvana Alba
Resumo: No curso do envelhecimento, o ser humano é instigado a confrontar-se com as alterações que se manifestam no corpo em decorrência da passagem do tempo e de suas vicissitudes. Em uma sociedade cujos valores prezam pela juventude e beleza, o corpo envelhecido, que já não responde as expectativas sociais, pode ser percebido pelas mulheres idosas como inadequado e melancólico. O presente estudo abordou a feminilidade na velhice relacionada à beleza corporal, tendo como objetivo geral conhecer as concepções de um grupo de mulheres idosas quanto à beleza corporal. Trata-se de um estudo exploratório descritivo de abordagem qualitativa. Os critérios de inclusão estabelecidos foram de mulheres sexagenárias que vivem em diferentes realidades socioculturais. Os resultados foram copilados em duas produções científicas, ambas anexas ao presente estudo. A primeira intitulada A percepção de um grupo de mulheres idosas sobre a beleza corporal objetivou descobrir a percepção das mulheres sobre a beleza corporal e o significado atribuído à beleza corporal na velhice. Os resultados indicam que as sexagenárias, mesmo vivendo em diferentes realidades socioculturais, reconhecem a beleza pautada nos padrões sociais. Estabelecem também um juízo de gosto no que julgam agradável de ver, sentir e observar. A experiência estética sobre si revela uma dualidade de imagens apreciadas e depreciadas, e a beleza na velhice significa saúde e cuidado de si e de suas relações. A produção científica II com o título Estética e expectativas sociais: o posicionamento da mulher idosa sobre os recursos estéticos objetivos conhecer o posicionamento da mulher idosa sobre a utilização dos recursos estéticos em resposta as expectativas sociais. Os resultados mostram que as inquietações com a imagem corporal envelhecida fazem com que as sexagenárias busquem nos procedimentos estéticos invasivos e cosmetológicos a melhora do físico e consequentemente sua aceitação. Outras mulheres recorrem aos fundamentos da religiosidade para conviver com a aparência e as modificações advindas com a idade. Os resultados das produções são indicadores para que os profissionais de saúde possam elaborar planos preventivos e terapêuticos, além de ações educativas focadas no processo de envelhecimento, especialmente para as mulheres. Para estes profissionais, trabalhar com tais questões é algo desafiador e necessário, uma vez que essa temática, nas questões de atenção à saúde da mulher, pode passar do intuito estético saudável para o plano patológico. Nessa perspectiva, a necessidade de maior envolvimento dos profissionais da saúde com a prática de cuidado requer o conhecimento sobre as concepções que os grupos fazem sobre as questões pertinentes ao processo de viver e envelhecer
Abstract: On the course of aging, the human being is incited to face changes that are manifested in the body due to the passage of time and its vicissitudes. In a society which values award youth and beauty, the aged body that no longer responds to social expectations may be perceived as inadequate and melancholic by elderly women. The present study discussed femininity in old age concerning body beauty, aiming to learn the conceptions of a group of elderly women regarding body beauty. It is a qualitative descriptive exploratory study. The inclusion criteria established were 60-year-old women living in different sociocultural realities. The results were grouped in two scientific productions, both appended to the present study. The first one was entitled The perception of a group of elderly women on body beauty , and aimed to find out the perception of women on body beauty and the meaning assigned to body beauty in old age. The results indicate that 60-year-old women recognize beauty guided by social standards, even if they live in different sociocultural realities. They also establish a judgment of taste based on what they perceive as pleasant to see, feel, and observe. The esthetic experience about oneself reveals a dualism of images appreciated and depreciated, and beauty in old age means to care for yourself and your relationships. Scientific production II was entitled Esthetics and social expectations: the positioning of the elderly woman on esthetic resources , and aimed to learn the positioning of the elderly woman on the use of esthetic resources in response to social expectations. The results show that the concern with the aged body image makes 60-year-old women to search for improvement of the physique and its consequent acceptance in invasive and cosmetic esthetic procedures. Other women turn to the foundings of religion to live with the aspects and changes resulting from aging. The outcomes of the productions are indicators for health professionals to structure preventive and therapeutic plans, as well as educational actions focused on the aging process, especially for women. For these professionals, working with such issues is challenging and necessary, since this topic may surpass the healthy esthetic purpose for the pathologic plan, regarding the care of women's health. In this perspective, the need for more involvement of health professionals with the care practice requires knowledge about the conceptions of the groups on questions relevant to the process of living and aging
Palavras-chave: Envelhecimento
Feminilidade
Velhice - Aspectos sociais
Beleza feminina (Estética)
Aging
Femininity
Old age - Social aspects
Feminine beauty (Aesthetics)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade de Passo Fundo
Sigla da instituição: UPF
Departamento: Ciências da Saúde e Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano
Citação: FIN, Thais Caroline. Velhice feminina e beleza corporal. 2014. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde e Ciências Biológicas) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/1147
Data de defesa: 31-Mar-2014
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
2014ThaisCarolineFin.pdf1,39 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.