Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.upf.br/jspui/handle/tede/1096
Tipo do documento: Dissertação
Título: Percepções do ser adulto frente ao processo de viver e envelhecer com deficiência física : um estudo fenomenológico
Autor: Oliva, Daniela Regina Sposito Dias 
Primeiro orientador: Portella, Marilene Rodrigues
Dalbosco, Claudio Almir
Resumo: O envelhecer com deficiência física se torna um desafio a ser enfrentado por aqueles que vivenciam esta experiência, pelos que compartilham de tal realidade e também se configura como uma provocação para os que adentram o campo da gerontologia. Fenômeno de interesse para o fisioterapeuta, entendendo que a corporeidade, o corpo físico, psicológico, social e cultural, e o sentido do fenômeno "ser com deficiência". Objetivando conhecer, descrever e compreender as percepções de um grupo de indivíduos adultos frente ao processo de viver e envelhecer com deficiência física adquirida, sob o prisma da fenomenologia participaram quatro colaboradores adultos, com idades entre 36 e 54 anos, com deficiência física adquirida enquanto jovens ou adultos. Este estudo está ancorado na Fenomenologia da percepção de Maurice Merleau-Ponty, cuja ênfase é dada à experiência corporal e à consciência corporal do mundo sensível; e no método fenomenológico proposto por Giorgi. As essências resultantes do olhar fenomenológico sobre o viver e envelhecer com deficiência física são quatro: 1) Percebendo o evento desencadeador da deficiência, 2) Recomeçando: os percalços de uma trajetória de vida, 3) Convivendo com a deficiência e 4) Pensando o futuro: o amanhã é a luta de hoje. Ao desvelar as coisas do mundo que se percebem em si, os colaboradores vivem e percebem a deficiência enfrentando as adversidades, travando lutas e esforços e encontrando caminhos para desvelar possibilidades, ao mesmo tempo em que transpõe as barreiras. A percepção sobre tais experiências necessita de um olhar de toda a sociedade, em especial, do fisioterapeuta, de forma a compreender que além do corpo desviante se encontra o ser existencial, isso exige revisão de conceitos e posturas considerando a intencionalidade operante do corpo
Abstract: The aging with disability becomes a challenge to be faced by this social group front of bigger probability of summation of disability, existential aspects and their perceptions towards on this phenomenon. These aspects are also interests of physiotherapist, understanding that the corporeal, the physical body, psychological, social and cultural, and the meaning of the phenomenon disabled. The objective is known, describe and understand the perceptions of a group of adults individuals facing the living and aging with disabilities, of the phenomenological view. The collaborators are four adults between 36 and 54 years with physical disabilities acquired, while young and adults. This study is based in the Phenomenology of Perception by Maurice Merleau-Ponty, whose emphasis is based to experience body and the body awareness of the sensible world, and in the phenomenological method proposed by Giorgi. The resulting essences of the phenomenological view, about living and aging with physical disabilities are four: 1) Realizing of the triggering event of disability, 2) Restarting: the pitfalls of a life trajectory, 3) Living with a disability and 4) Thinking the future: tomorrow is the struggle today. By revealing the things of the world that feel they are in themselves, the employees live and perceive disability facing adversity, fighting battles and efforts and finding ways to uncover opportunities, while transposing the barriers. The perception of such experiments requires an attention of the whole society, of the physiotherapist, in order to know that beyond the body deviant there are the body existential, it requires review of concepts and attitudes considering the intentionality of the body
Palavras-chave: Fenomenologia
Gerontologia
Deficientes físicos
Fisioterapia
Phenomenology
Gerontology
Physically handicapped
Physical therapy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: 
Instituição: 
Sigla da instituição: 
Departamento: Ciências da Saúde e Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://10.0.217.128:8080/jspui/handle/tede/1096
Data de defesa: 29-Mar-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
2012Daniela_Regina_Sposito_Dias_Oliva.pdf1,37 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.